segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Aula: 29/08/11

Hoje numa aula que dei acerca de valores pessoais - ética. Fiz uma dinâmica em grupo com os alunos questionando-os acerca dos princípios éticos e morais.

O que é ser ético socialmente? Todos nós agimos com ética?

A resposta unanime foi: "as pessoas não agem com ética, somente querem se dar bem passando por cima dos outros", e "ninguém age com ética".

Essas respostas foram a deixa para discutirmos as ações cidadãs na sociedade em que vivemos.

Onde fazer o certo parece não ser viável, porque demonstra humildade e, nas palavras de meus alunos, ser uma pessoa "chata".

Corrupção por parte dos políticos é anti-ético, é crime, mas e comprar um dvd ou cd pirateado, não o é? Colar numa prova na escola, também não?

São ações contra a cidadania também, dentre outras,como sonegar impostos, não honrar com as próprias dívidas, e etc.

É fácil "apontar o dedo" na direção dos governos e colocar a culpa da volência e de todos o problemas da sociedade. Mas e assumir os nossos próprios erros?

É preciso informação, é preciso elucidar a mente de quem nos rodeia.

Está sendo esse o nosso papel como educadores, ou também, como podemos ser chamados: disseminadores.

Disseminadores do que? De informação, da ética, da cidadania com um todo.